Vá ao dentista e diga adeus a papada

Quem disse que os dentistas só cuidam dos dentes? Você sabia que o dentista também pode ser considerado um profissional da beleza? E não somente por conta de seu principal ofício, mas sim por ter permissão para exercer algumas intervenções estéticas na face. Tratamentos inovadores de beleza podem ser realizados por estes profissionais e a variedade de procedimentos só está aumentando. Além da saúde, eles cuidam do bem-estar visual e acabam com incômodos de seus pacientes mais vaidosos, como por exemplo, a papada ou queixo duplo.

Esta busca incessante pela redução da papada cresceu com a popularização das fotos digitais em nosso dia a dia. Tudo é motivo para registro fotográfico e com a famosa selfie, a gordurinha embaixo do queixo fica mais evidente. Afinal de contas todo mundo quer ficar bem na foto nas redes sociais.

Já imaginou se ver livre deste problema sem precisar fazer uma operação? Por meio de tratamentos não invasivos, os dentistas eliminam a famosa gordurinha na região do pescoço, muito resistente às dietas.

O método de tratamento é o Kybella, tecnologia americana exclusiva para a região. O profissional aplica injeções com o ácido deoxicólico, que ajuda o corpo a absorver a gordura subcutânea da maxila. O procedimento é simples, reduz o contorno e melhora o aspecto da parte inferior do rosto.

A recomendação é que sejam feitas seis sessões ao todo, com um intervalo de 15 dias entre elas. Mas, atenção, ele não deve ser aplicado nos casos de flacidez, apenas nas gordurinhas da região da face; para flacidez existem outras substâncias.

O Kybella é uma substância sintética que reproduz o ácido deoxicólico produzido pelo nosso organismo e a satisfação dos pacientes que fazem a “lipo de papada” é muito alta. Os resultados começam a aparecer a partir da quarta sessão e, em alguns casos, já na segunda aplicação existe uma melhora no aspecto da face.

Outra grande vantagem está no investimento financeiro. Por não se tratar de um  procedimento invasivo, não tem os altos custos de hospital como, por exemplo, a anestesia, internação e uma equipe médica. Isto sem contar que a recuperação é muito mais rápida.

É fundamental que este tratamento da papada seja realizado por um profissional capacitado e autorizado, assim os riscos são praticamente zerados e seus efeitos colaterais como a ardência, vermelhidão e inchaço leve sejam minimizados.