O que é a mordida cruzada?

A mordida cruzada é um dos problemas ortodônticos mais comuns e pode afetar crianças e adultos. Você sabe quais são as principais características da mordida cruzada e como é possível tratar este problema? Caso tenha dúvidas, não deixe de acompanhar o novo artigo que preparamos para você!

O que é a mordida cruzada?

A mordida cruzada pode ser definida como um desalinhamento entre os dentes superiores e os dentes inferiores, fazendo com que os portadores deste problema fiquem com o sorriso torto. Além disso, a mordida cruzada pode ocasionar outra série de problemas, como, por exemplo:

  • Dificuldade na escovação, facilitando assim o aparecimento de cáries e outras doenças bucais e nas gengivas;
  • Bruxismo;
  • Desgastes, traumas e até a perda de dentes;
  • Retração (diminuição) da gengiva;
  • Distúrbios temporomandibulares.

É importante apontar que existem dois tipos de mordida cruzada:

Anterior – quando os dentes da frente da arcada superior não conseguem encobrir os da arcada inferior. Assim, quando a boca se fecha, os dentes de baixo ficam mais à frente, projetando o queixo do paciente para frente.

Posterior – quando os dentes superiores da parte de trás se fecham ‘por dentro’ dos dentes inferiores;

Quais as causas e os principais sintomas da mordida cruzada?

Embora o desalinhamento entre as arcadas dentárias seja a principal característica visível da mordida cruzada, o problema pode acabar gerando outros sintomas, como:

  • Dores de cabeça;
  • Dores nas articulações temporomandibulares;
  • Zumbidos no ouvido;
  • Ruídos ou dificuldades para movimentar a mandíbula;
  • Sensibilidade nos dentes devido ao desgaste do esmalte dental.

Dentre as principais causas para a mordida cruzada, podemos citar:

  • Hábitos da infância, como chupar o dedo ou usar chupeta por tempo prolongado;
  • Fatores genéticos e de hereditariedade;
  • Atraso no processo de oclusão e crescimento dental.

Além disso, segundo um estudo especializado publicado na Revista CEFAC, a mastigação unilateral (quando utiliza-se só um lado da boca durante a alimentação) pode contribuir para o surgimento de casos de mordida cruzada em crianças.

Como tratar a mordida cruzada?

Há uma série de tratamentos que podem ser recomendados para a correção da mordida cruzada, dependendo sempre da gravidade e das características de cada caso. Por isso mesmo, somente seu dentista poderá fazer uma avaliação e lhe indicar o tratamento correto.

Dito isso, dentre os principais procedimentos odontológicos utilizados para a correção da mordida cruzada, podemos citar:

Uso de aparelhos dentais: o uso de aparelhos costuma ser bastante recomendado para tratar a mordida cruzada. Vale salientar que há diversos tipos de aparelho, dos fixos aos alinhadores transparentes.

Você pode conferir aqui qual aparelho é mais indicado para você!

Cirurgia: a cirurgia pode ser utilizada, por exemplo, nos casos em que o paciente precisa reposicionar seu maxilar para corrigir a mordida cruzada.

Expansores de palato: o expansor de palato geralmente é utilizado para expandir a arcada dos dentes superiores e pode contribuir com um tratamento de mordida cruzada, o qual, geralmente, ainda incluirá o uso de aparelhos dentais.

Agora que você já sabe tudo sobre os sintomas e causas da mordida cruzada, caso suspeite do problema, não deixe de procurar um dentista. Na Odontoclinic, nós temos uma série de profissionais prontos para te ajudar com este e outros casos. Agende já sua consulta!